CHAMADA DE TRABALHOS

ESPAÇO DO CONHECIMENTO

CERTIFICADOS 2018

Baixe ou imprima seu certificado de participação no Espaço do Conhecimento 2018.

Para exibir o certificado clique sobre seu nome. Você poderá salvá-lo em seu computador e/ou imprimi-lo.

AUTOR / TRABALHO

ADRIANA MOREIRA DE SOUZA CORRÊA – JOGOS EDUCATIVOS DIGITAIS PARA O ENSINO DE LIBRAS DISPONÍVEIS NA PLAY STORE

AJANE MOROCX DAS MERCÊS LEITE ALMEIDA – FORMAÇÃO CONTINUADA DE COORDENADORES DAS ESCOLAS DO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS DE UMA REDE MUNICIPAL: O QUE MUDOU NA PRÁXIS COORDENADORA?

ALAN GUSTAVO FERREIRA – A FORMAÇÃO DOS CONCEITOS DE ÁREA E PERÍMETRO SOB AS ETAPAS DAS AÇÕES MENTAIS DE GALPERIN

ALCINONE VASCONCELOS SANTANA – METODOLOGIAS ATIVAS: UM ESTUDO QUANTITATIVO-DESCRITIVO COM ESTUDANTES DE PEDAGOGIA DE UM CENTRO UNIVERSITÁRIO EM JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE

ALINE DE MEDEIROS FERNANDES – COMUNIDADES TECNOLÓGICAS NA EDUCAÇÃO: EDUCADORES INOVADORES DA MICROSOFT (MIE) NO SENAC-RN

ALLAN ARAUJO DE SOUZA – OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL COM A CHEGADA DA 4ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: EXTINÇÃO E O SURGIMENTO DE NOVAS PROFISSÕES

AMANDA JOSÉ DANTAS SILVA – FAKE NEWS: LEITURA EM MÚLTIPLAS FONTES EM FORMAÇÃO CONTINUADA

AMANDA ROBERTA SOUZA DA SILVA BARBOSA – EDUCAÇÃO INTEGRAL UMA PREPARAÇÃO PARA A HUMANIZAÇÃO: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO SESC LER SURUBIM

ANA KARLA GOMES DOS SANTOS – RESPONSABILIDADE SOCIAL NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS IMUNIZÁVEIS POR VACINA: UM DEBATE NA EJA DO SESC SANTO AMARO

ANA ROSA CAVALCANTI DA SILVA – GAMES PARA SOLUÇÃO DE CASOS DE GESTÃO DE PESSOAS POR ALUNOS DE UMA IES DO RECIFE: PERCURSOS E RESULTADOS OBTIDOS

ANDERSON DOUGLAS PEREIRA RODRIGUES DA SILVA – PROTOTIPAÇÃO DE UM MICROMUNDO COMO SUPORTE AO PROFESSOR PARA O ENSINO DE ÁREA

ANDRÉ LUIZ FERREIRA DANTAS DE MELO – PROPOSTA DE UMA UEPS PARA O ENSINO DA INTERAÇÃO DOS ANIMAIS COM A POLUIÇÃO HÍDRICA

ANDREA FRANCISCA DA LUZ – O USO DO KHAN ACADEMY COMO PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA

ANDRÉA MARIA DOS SANTOS – OFICINA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA EM UMA TURMA MULTISSERIADA

ÂNGELA REGINA SOUZA SANTOS – ACESSO À QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E INCLUSÃO SOCIAL: CONTRIBUIÇÃO DO PRONATEC NO SERTÃO PERNAMBUCANO

ANTÔNIA ARISDÉLIA FONSECA MATIAS AGUIAR FEITOSA – A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PARQUE ZOOBOTÂNICO ARRUDA CÂMARA, EM JOÃO PESSOA-PB: UMA CONTRIBUIÇÃO À CONSERVAÇÃO

ANTÔNIO FRANCISCO LIMA DE OLIVEIRA PÁDUA – METODOLOGIA CRISP-DM: POTENCIALIDADES NA DESCOBERTA DO CONHECIMENTO EM DADOS EDUCACIONAIS

ANTÔNIO MACHADO DE SOUZA NETO – DOMO GEODÉSICO: DINÂMICA PARA DESENVOLVIMENTO DE UMA LINHA DE PRODUÇÃO INDUSTRIAL NA PRÁTICA

ARISTÓTELES DA SILVA OLIVEIRA – FORMAÇÃO DOCENTE NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

ARTUR VÍTOR ROCHA CINTRA YPIRANGA – INTERVENÇÕES COLABORATIVAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO PARQUE ZOOBOTÂNICO ARRUDA CÂMARA, JOÃO PESSOA/PB

AURINETE MARIA DOS SANTOS SOUZA – OS CURRÍCULOS DOS CURSOS DE PEDAGOGIA E OS ESTUDOS CULTURAIS

BENÔNI CAVALCANTI PEREIRA – A ATUAÇÃO DO COORDENADOR PEDAGÓGICO NO ÂMBITO DA FORMAÇÃO POLICIAL MILITAR

BENÔNI CAVALCANTI PEREIRA – DESAFIOS DA DOCÊNCIA NO ENSINO POLICIAL: CONCEPÇÕES DE FORMADORES E FORMANDOS DA PMPE

CARLA LIMA RICHTER – O FÓRUM DE DISCUSSÃO EDUCACIONAL COMO LÓCUS DE EXPANSÃO DIALÓGICA DO CONHECIMENTO

CÉSAR HENRIQUE PINTO MOREIRA – A BIOFÍSICA NA FORMAÇÃO DO BIÓLOGO E A OPINIÃO DOS DOCENTES FORMADORES DA ÁREA

CICERO NESTOR PINHEIRO FRANCISCO – A DIFUSÃO DE NOVAS COMPETÊNCIAS PELA BNCC: OS MULTILETRAMENTOS E O ENSINO DA LINGUAGEM NA ERA DAS NOVAS TECNOLOGIAS

CLECIA MARIA GOMES FREITAS DE OLIVEIRA – CONTRIBUIÇÃO DA MÚSICA PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

CRISTIANE DOMINGOS DE AQUINO – PLATAFORMAS DE APRENDIZAGEM: UMA REVISÃO DE LITERATURA

CRISTIANE DOMINGOS DE AQUINO – TECNOLOGIAS DA SALA DE AULA INVERTIDA

DANIELE BASÍLIO NUNES – OBJETOS DIGITAIS DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÕES E DESAFIOS PARA A PRÁTICA DIDÁTICO PEDAGÓGICA DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

DANIELE TAVARES DE MIRANDA CORREIA – EDUCAÇÃO BILÍNGUE: A IMPORTÂNCIA DA AQUISIÇÃO DA LIBRAS NAS ESCOLAS PÚBLICAS DO RECIFE

DANIELE TAVARES DE MIRANDA CORREIA – HOLOGRAFIA E LIBRAS: POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO ENTRE ESTUDANTES SURDOS E OUVINTES

DANIELLE SILVA SIMÕES BORGIANI – TECENDO ATRAVÉS DE NÓS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE CURSO DE MACRAMÊ COMO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

DAYANA PRISCYLA DA SILVA FRANÇA – A VALORAÇAO SOCIOAMBIENTAL DO PARQUE ZOOBOTÂNICO ARRUDA CÂMARA, EM JOÃO PESSOA-PB, POR MEIO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

DIEGO RAFAEL FERREIRA DE OLIVEIRA – “FAÇA UMA PERGUNTA”: O INSTAGRAM STORIES COMO FERRAMENTA DE ENSINO APRENDIZAGEM EM BIOLOGIA

EDSON LUIZ DE ARAÚJO – IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DA INFORMÁTICA NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA

EGLE KATARINNE SOUZA DA SILVA – BIOE E ATIVIDADES EDUCATIVAS: OBJETOS VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE LIBRAS

ELANE ERICKA GOMES DO NASCIMENTO – O PAPEL DA FAMÍLIA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NUMA TURMA DO 2º ANO DE IPOJUCA/PE

ELIANE FERNANDES LINO – A DIVERSIFICAÇÃO DE FERRAMENTAS DIDÁTICAS COMO INOVAÇÃO EM SALA DE AULA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

EMANOEL LOURENÇO DA SILVA – SOLTE SEU CABELO, PRENDA SEU PRECONCEITO: REFLEXÕES SOBRE CONSCIÊNCIA NEGRA NA ESCOLA

ÉRICA EDMAJAN DE ABREU – JOGO CORRIDA ALGÉBRICA: DESENVOLVIMENTO DE IDÉIAS MATEMÁTICAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

EVERSON JOSÉ GOMES TAVARES – MATEPRÁTICA: UMA VIVÊNCIA DA MATEMÁTICA SOBRE UMA VISÃO TRANSDISCIPLINAR EM FAVOR DA CIDADANIA

EVERSON JOSÉ GOMES TAVARES – PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO MODALIDADE EJA ( EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS) E A DIFICULDADE NO TRABALHO INTERDISCIPLINAR E TRANSDISCIPLINAR

EVERTON VIEIRA DA SILVA – ALTERAÇÕES NO ENSINO DE QUÍMICA COM O ENEM: A VISÃO DOS PROFESSORES DE POMBAL-PB

EVERTON VIEIRA DA SILVA – OBJETOS VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE SOLUÇÕES QUÍMICAS

FELIPE DIETSCHI FALÇÃO – A UTILIZAÇÃO DO GOOGLE CLASSROOM NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM: CASE SENAC ALAGOAS

FLÁVIA TAMIRES DE SIQUEIRA LEAL – A EDUCAÇAO AMBIENTAL EM ÁREA COM SITUAÇAO DE RISCO: O CASO DA COMUNIDADE SÃO RAFAEL, EM JOAO PESSOA-PB

FRANKLIN FERNANDO FERREIRA PACHÊCO – A GÊNESE INSTRUMENTAL DO APPRENTI GÉOMÈTRE 2 POR LICENCIANDOS EM MATEMÁTICA NO ESTUDO DA COMPARAÇÃO DE ÁREAS

FRANKLIN FERNANDO FERREIRA PACHÊCO – O CONHECIMENTO GEOMÉTRICO DE ALUNOS NO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SOBRE TRIÂNGULOS

GABRIELA KÁSSIA BARBOSA DA SILVA – DCNS: BENEFÍCIOS DAS METODOLOGIAS ATIVAS PARA O TRABALHO DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

GABRIELA KÁSSIA BARBOSA DA SILVA – DESAFIOS DE ACESSO E PERMANÊNCIA DOS POVOS INDÍGENAS NO ENSINO SUPERIOR

GEORGINA MEIRELLE SERAFIM DA SILVA – A DIFÍCIL REALIDADE DO JOVEM APRENDIZ PARA INSERÇÃO NO MERCADO DE TRABALHO

GESSIKA CECILIA CARVALHO DA SILVA – A PRESENÇA DAS NOVAS TECNOLOGIAS NA SALA DE AULA: O PONTO DE VISTA DOS DISCENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS

GILMARA CRISTINE BACK – HORTA ESCOLAR: ALTERNATIVA PARA PROMOVER A EDUCAÇÃO AMBIENTAL

HELTON CHARLLYS BATISTA CARDOSO – METAMODELOS E REALIDADE VIRTUAL À LUZ DA ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE BIOLOGIA

HERONITA MARIA DANTAS DE MELO – CONTRIBUIÇÕES DAS MÍDIAS DIGITAIS NAS PRÁTICAS SOCIAIS EM PROJETO DE LETRAMENTO: A DEGRADAÇÃO DO RIO ITAPACURÁ

HILDENES BARBOSA DELFINO – SESC LER GOIANA: A TECNOLOGIA A SERVIÇO DA INCLUSÃO E HUMANIZAÇÃO NO AMBIENTE ESCOLAR

IRACEMA DA SILVA FRAZÃO – O CINEMA COMO RECURSO DIDÁTICO NO ENSINO SUPERIOR: RELATO DE EXPERIÊNCIA

ISAAC COIMBRA PINHEIRO – PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS COMO ESTRATÉGIA PARA O DESENVOLVIMENTO SETORIAL- O CASO DO POLO GASTRONÔMICO DO CARIRI-CE

ISOLDA MARIA DOS SANTOS LEAL – MUNDO TECNOLÓGICO: ÊNFASE NA FORMAÇÃO DE PALAVRAS, NA LEITURA E NA ESCRITA EM TORNO DO UNIVERSO DA EDUCAÇÃO INFANTIL DO SESC LER SURUBIM-PE

ÍTALO TEIXEIRA VILELA TORRES – APRENDIZADO BASEADO EM PROBLEMAS (ABP) APLICADO ÀS GERAÇÕES Y E Z

IVANA MIRANDA DA COSTA – ENSINO SUPERIOR DA QUÍMICA COM MÉTODO BLENDED UTILIZANDO O GOOGLE SALA DE AULA

IVANDA VIRGINIO CABRAL – LÍNGUA PORTUGUESA E ENSINO: A ANÁLISE LINGUÍSTICA COMO PRÁTICA DIDÁTICO-DISCURSIVA

IZABEL CRISTINA PEREIRA DA ROCHA – ESCOTISMO: UMA EXPERIÊNCIA INOVADORA QUE PODE SER TRANSPOSTA PARA O ÂMBITO ESCOLAR?

JACIANE GOMES SOUSA DE LIMA SILVA – AS TECNOLOGIAS DIGITAIS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TDIC) E AS PRÁTICAS DE LETRAMENTO

JACIANE GOMES SOUSA DE LIMA SILVA – EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO: EU FAÇO A DIFERENÇA!

JACQUELINE CAVALCANTI DINIZ – EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UM PROJETO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM CIDADÃOS INVISÍVEIS

JAILSON CAVALCANTE DE ARAÚJO – UM ESTUDO COM ALUNOS DO 8º ANO SOBRE IDENTIFICAÇÃO E PRODUÇÃO DE PARALELOGRAMOS

JAILSON CAVALCANTE DE ARAÚJO – TEOREMAS EM AÇÃO MOBILIZADOS POR ALUNOS DO 8º ANO NA COMPARAÇÃO DE ÁREAS

JESSICA KELLY SOUSA FERREIRA – O USO DOS DISPOSITIVOS MÓVEIS E FACEBOOK NO ENSINO MÉDIO: UMA ABORDAGEM ETNOGRÁFICA

JESSICA KELLY SOUSA FERREIRA – A CRIAÇÃO DE MEMES COMO INOVAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA

JÉSSICA MARIA OLIVEIRA – METODOLOGIAS ATIVAS: CAMINHOS FACILITADORES DA APRENDIZAGEM PARA CONTRIBUIR NO ALCANCE DO ODS 4

JOANA DARC DOS SANTOS OLIVEIRA BOTELHO – PROJETO “A MÚSICA DA GENTE NA EDUCAÇÃO MUSICAL DO SESC” NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

JOANNA DARC DE SOUZA CINTRA – PROJETO ADOLESCER EM VITÓRIA DE SANTO ANTÃO: APRENDIZADOS DE 5 ANOS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE

JOANNA DARC DE SOUZA CINTRA – A PRÁTICA DE BULLYING EM ADOLESCENTES, na Modalidade COMUNICAÇÃO ORAL

JOÃO PAULO DA SILVA SANTOS – DISCUTINDO A ACESSIBILIDADE DE DEFICIENTES VISUAIS UTILIZANDO A ROBÓTICA EDUCACIONAL NO CONTEXTO DA SALA DE AULA DO ENSINO FUNDAMENTAL

JOÃO PAULO FERREIRA LIMA – O USO DO VÍDEO COMO INSTRUMENTO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

JOÃO PAULO SILVA DE PAIVA – FATORES ASSOCIADOS AO BRUXISMO EM ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO

JOSÉ JAILTON SIQUEIRA DE MELO – PRÁTICA DOCENTE NA EDUCAÇÃO CORPORATIVA: ESTUDO DA POLÍTICA FORMATIVA NA ACIDES

JOSÉ PEDRO TAVARES DO NASCIMENTO – ESTRATÉGIAS EDUCATIVAS PARA UM ENSINO DE BIOLOGIA CONTEXTUALIZADO: AS QUESTÕES AMBIENTAIS EM FOCO

JOSINALVA ESTÁCIO MENEZES – A LICENCIATURA EM MATEMÁTICA E O ENSINO MEDIADO PELAS TDIC: O QUE ACHAM OS ALUNOS

JOSINALVA ESTÁCIO MENEZES – A TEORIA DE AUSUBEL E O ENSINO DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM LICENCIANDOS DE MATEMÁTICA

JUCIMAR CASIMIRO DE ANDRADE – FATORES DOMINANTES NOS PROCESSOS ORGANIZACIONAIS QUE INFLUENCIAM A CRIAÇÃO DE SIGNIFICADO NO IFPB

JUCIMAR CASIMIRO DE ANDRADE – ANÁLISE DA EFICIÊNCIA NAS COMPRAS REALIZADAS PELO IFPB NA MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO

KAROLINE LOUISE SILVA DA COSTA – DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA DO CURSO DE OPERADOR DE COMPUTADOR FRENTE AO MODELO PEDAGÓGICO SENAC – MPS (SENAC- DR/RN)

KATIA VALERIA WANDERLEY DE SOUSA SILVA – COMO SENSIBILIZAR NOSSO ALUNO NO COMBATE AS ISTS?: CONTRIBUIÇÕES PARA A ABORDAGEM DO TEMA NO ENSINO MÉDIO EM UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

KATIA VALERIA WANDERLEY DE SOUSA SILVA – OS FUNGOS E A SUA RELAÇÃO COM OS DEMAIS SERES VIVOS: CONTRIBUIÇÕES DE ABORDAGEM NO ENSINO MÉDIO

KATIANE VARGENS DE OLIVEIRA – EDUCAR PELA PESQUISA, SOB O OLHAR DO PROFESSOR

LAÉRCIO QUEIROZ – “FAKE NEWS”: SÓ MENTE A VERDADE, UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NA EJA DO SESC SANTO AMARO

LAIS HELENA GOUVEIA RODRIGUES – DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO CURSO SUPERIOR EM DESIGN DE MODA

LEANDRO ALEXANDRE DA SILVA – APRENDIZAGENS MEDIADAS PELA TECNOLOGIA NO ENSINO DE HISTÓRIA

LEILA CARLA DOS SANTOS QUARESMA – PROJETO INTEGRADOR NO ENSINO PROFISSIONALIZANTE: MODA, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO

LIALDA BEZERRA CAVALCANTI – A REDE FACEBOOK COMO FERRAMENTA DIDÁTICA NO ENSINO DA MATEMÁTICA

LIALDA BEZERRA CAVALCANTI – MEDIAÇÃO DOS RECURSOS DIDÁTICOS NA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA UFRN NA EA

LINDALVA JOSÉ DE FREITAS – O USO DO VÍDEO COMO INSTRUMENTO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

LISIANE GASSNER CARNETTI – QUALIFICAÇÃO PARA TODOS EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INCLUSIVA E INTEGRADORA

LISTENES KLAYTON LEITE DE SOUSA – JOGO DA EXPRESSÃO GÊNICA: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE BIOLOGIA

LUIS HUMBERTO FRANQUET – O USO DAS METODOLOGIAS ATIVAS NAS AULAS DE ESPANHOL NO NÍVEL FUNDAMENTAL: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

MAGNO DE SOUZA HOLANDA – EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO MÉDIO: DESAFIOS

MARCELA KARINE DA SILVA – PROJETO HQS ONLINE: UMA EXPERIÊNCIA DE LETRAMENTO DIGITAL NA ESCOLA MUNICIPAL DR. JOSÉ LEOPOLDINO EM JABOATÃO DOS GUARARAPES

MÁRCIA REJANE ALMEIDA DE CARVALHO – FORMAÇÃO DE PROFESSOR NO ENSINO FUNDAMENTAL II UMA MUDANÇA DE PARADIGMA: ACERTOS E DESACERTOS NO PROCESSO DE INCLUSÃO ESCOLAR

MARCYO RAFAEL SOUZA SILVA – PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: APRENDIZAGEM ATIVA UTILIZANDO O MÉTODO SPRINT

MARIA ALINE DA SILVA – JARDIM FÁRMACO: A INFLUÊNCIA DA NATUREZA NA APRENDIZAGEM DA EDUCAÇÃO INFANTIL – SESC LER ARARIPINA

MARIA APARECIDA FRANCELINO DA SILVA – CULTURA MAKER E EDUCAÇÃO PARA O SÉCULO XXI: RELATO DA APRENDIZAGEM MÃO NA MASSA NO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL/INTEGRAL DO SESC LER GOIANA

MARIA AUGUSTA DA CUNHA PIMENTEL – O USO DE METODOLOGIAS ATIVAS DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DAS EQUIPES PEDAGÓGICAS DO SENAC RN

MARIA DE LARA MOUTTA CALADO – METODOLOGIAS ATIVAS E HUMANIZAÇÃO: EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NUMA TURMA DE GESTÃO DE PROJETOS

MARIA DE LARA MOUTTA CALADO – APRENDIZAGEM MEDIADA PELA TECNOLOGIA: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O APLICATIVO AUDIOBOOM

MARIA DO AMPARO JOSEFA DA SILVA – ROBÓTICA NO ÂMBITO ESCOLAR COMO ALTERNATIVA NOS PROCESSOS EDUCATIVOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

MARIA DO ROSÁRIO FERREIRA DE LIMA – PRÁTICA DA LEITURA E O IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINO MÉDIO

MARIA HELENA CAVALCANTI DA SILVA BELCHIOR – AVALIAÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA EM UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA FEDERAL À LUZ DO ENGAJAMENTO ESTUDANTIL NOS CURSOS DE HOTELARIA E TURISMO

MARIA JOSÉ DIAS DE ANDRADE – EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O RIO GRAMAME: VIVÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA ONG-ESCOLA VIVA OLHO DO TEMPO

MARIA JOSÉ NEGROMONTE DE OLIVEIRA – O USO DE TECNOLOGIAS NO PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DA ESCRITA

MARIA LETIZIA MARCHESE – FORMAÇÃO TÉCNICO-COMPORTAMENTAL DOS COLABORADORES DO SETOR DO ASSEIO E CONSERVAÇÃO

MARIA MANUELA FIGUERÊDO SILVA – COMPARAÇÃO DA ABORDAGEM HISTÓRICA EM DUAS COLEÇÕES DE LIVROS DIDÁTICOS DE MATEMÁTICA

MARIANA LARISSA DOS SANTOS SILVA – O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL (PET) E A FORMAÇÃO DO ADMINISTRADOR: RELATO DE EXPERIÊNCIA

MARIELLE ALBUQUERQUE AZOUBEL – FORMAÇÃO DOCENTE E A PRODUÇÃO DE JOGOS DIGITAIS

MARIELLE ALBUQUERQUE AZOUBEL – OLIMPÍADAS DE JOGOS DIGITAIS: UMA ESTRATÉGIA DIDÁTICA PARA O ENGAJAMENTO ESTUDANTIL

MARIELLE ALBUQUERQUE AZOUBEL – LIE – LABORATÓRIO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL: PRÁTICAS PEDAGÓGICAS QUE HUMANIZAM

MARILUCIA MARIA DA SILVA – ITINERÁRIOS PARA A RECONFIGURAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE NA ERA DA TECNOLOGIA

MÁRIO LUIS PESSÔA GUEDES – PROJETO INTERDISCIPLINAR: PRÁTICA CIENTÍFICA PARA ALUNOS DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

MARLENE APARECIDA DOS REIS – A WEB 2.0 E A ATUAÇÃO DOCENTE DOS ALUNOS DO CURSO DE PEDAGOGIA

MARLENE DE SOUZA FEITOZA – PROJETO O SEGREDO DA MALA: DESENVOLVENDO A LEITURA ATRAVÉS DE UMA ARTE MILENAR

MARTAMIRIA DELMIRO DOS SANTOS FERREIRA – AS TICS COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA EM UMA ESCOLA DO CAMPO

MAURÍCIO DOS SANTOS NEVES – ABORDAGEM DESIGN-BASED RESEARCH COM LETRAMENTO DIGITAL E LEITURA NO ENSINO FUNDAMENTAL

MICHELLE PINHEIRO RODRIGUES SILVA – GAMEFICAÇÃO NO ENSINO SUPERIOR: DIFERENCIAIS NO USO DAS METODOLOGIAS ATIVAS NO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO EM DESIGN E MODA

MILENA LOPES DA SILVA FERREIRA – A EJA E O USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS: UMA RELAÇÃO PARA O EMPODERAMENTO DISCENTE

MILLA NUNES DE SOUSA – HORTA FITOTERÁPICA: PLANTANDO O CONHECIMENTO DOS NOSSOS AVÓS

MILLA NUNES DE SOUSA – UNIVERSIDADE X ESCOLA: A INCLUSÃO DE AULAS PRÁTICAS E DE CAMPO NO ENSINO MÉDIO SOBRE DIVERSIDADE DE PLANTAS

MYLLER GOMES MACHADO – EDUCAÇÃO AMBIENTAL FORMAL: PERCEPÇÃO DOS DOCENTES DE UMA ESCOLA NO CARIRI PARAIBANO

MYLLER GOMES MACHADO – EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA CAATINGA: VIVÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

NATACHA OLIVEIRA DE SOUZA – RELATO DA EXPERIÊNCIA DE TUTORIA NA MELHORIA DA QUALIDADE DAS AULAS DE BIOLOGIA E SISTEMÁTICA DE PLANTAS VASCULARES NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

NATACHA OLIVEIRA DE SOUZA – RELATO DA EXPERIÊNCIA DE TUTORIA DA QUALIDADE DAS AULAS DE BIOLOGIA E SISTEMÁTICA DE PLANTAS VASCULARES NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

OBERDAN DA SILVA DE ANDRADE – HISTÓRIA LOCAL NO AMBIENTE VIRTUAL: UMA ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA PARA UM ENSINO INTERDISCIPLINAR

PATRÍCIA ARAÚJO NUNES DOS SANTOS – LIE – LABORATÓRIO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL: PRÁTICAS PEDAGÓGICAS QUE HUMANIZAM

PATRICIA TERESA CORUSO PADILHA – SALAS TEMÁTICAS: A ESCOLA MUDANDO PARA TRANSFORMAR

RENATO CESAR ROCHA DA SILVA – A RESPONSABILIDADE DO CIDADÃO NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE: UMA ANÁLISE INTERDISCIPLINAR NA EJA DO SESC SANTO AMARO

RISONILTA GERMANO BEZERRA DE SÁ – MODELO DAS MÚLTIPLAS PERSPECTIVAS – PERNAMBUCO NO ENSINO DA BIOLOGIA: PRESSUPOSTOS

RODRIGO NICÉAS CARNEIRO LEÃO – FORMAÇÃO HUMANA E EDUCAÇÃO: PROPOSIÇÕES À DOCÊNCIA

ROLANDO JUAN PORTELA FALGUERAS – PROPOSTA DE CONCEPÇÃO PARA A MELHORIA DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL NA CARREIRA DE EB DA UNAE, EQUADOR

ROSÂNGELA MARIA DIAS DA SILVA – USO DAS TICs NA EJA DA REDE ESTADUAL EM PERNAMBUCO CAPACITANDO O ALUNO PARA O TRABALHO

ROSANGELA SILVEIRA DA ROSA – UM RECURSO AUDIOVISUAL COMO ORGANIZADOR PRÉVIO PARA O ENSINO DE TEMAS MATEMÁTICOS

SAMUEL BARBOSA DE LIMA – PERCEPÇÃO DE PROFESSORES E ALUNOS SOBRE O TEMA TRANSVERSAL ORIENTAÇÃO SEXUAL EM UMA ESCOLA PÚBLICA DA CIDADE DE BAYEUX, PARAÍBA

SANDOVAL BEZERRA DA SILVA – EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA AGRICULTORES FAMILIARES: UM ESTUDO DE CASO EM ESTRUTURAÇÃO DE NEGÓCIOS

SAULO CARVALHO DA SILVA – AS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL: ANÁLISE DE LIVROS DIDÁTICOS DE MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO E SUA PRESENÇA NAS PROVAS DO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO – ENEM, NO PERÍODO DE 2009 A 2017

SAULO FERNANDO BERNARDO – A SALA DE AULA INVERTIDA: POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS NO ENSINO DE LÍNGUA ESPANHOLA COM O USO DO GOOGLE SALA DE AULA

SAULO FERNANDO BERNARDO – AVALIAÇÃO POR GAMIFICAÇÃO, POR QUE NÃO?

SIMONE RODRIGUES LAUREANO – APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA ATRAVÉS DO CLUBE DE ROBÓTICA NA ESCOLA

SOCORRO JORDÂNIA FILIPE DA SILVA – ABORDAGEM PARA PREVENÇÃO DA OBESIDADE NOS ALUNOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL DA ESCOLA SESC LER GOIANA-PE: RELATO DE EXPERIÊNCIA

SOLANGE JUSTINO DA SILVA – FOMENTANDO NOVAS PRÁTICAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM COM O ALUNO COLABORADOR

SORAIA BARBOZA BOTELHO DO NASCIMENTO – CONCEPÇÃO DOS PROFESSORES FRENTE À FORMAÇÃO CONTINUADA PARA USO DAS NTIC

SUZANA FERREIRA PAULINO – DESAFIOS DOCENTES NO COMBATE À DISCRIMINAÇÃO E PELA HUMANIZAÇÃO NA SALA DE AULA DE INGLÊS

TARCILA KATALIANE DIAS SILVA MODESTO – A EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA E O CULTIVO DE HORTALIÇAS COMO FONTES MOTIVADORAS DA SUSTENTALIBIDADE

TATIANA DE MOURA SILVA – LEITURA, ARTE QUE LIBERTA: A LEITURA COMO FERRAMENTA DE TRANSFORMAÇÃO NO ENSINO DA EJA DO SESC LER SURUBIM

TATIANA DE PAULA SANTANA DA SILVA – TELE-EDUCAÇÃO EM SAÚDE NO CONTEXTO DA TRÍPLICE ENDEMIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

strong>TENAFLAE DA SILVA LORDÊLO – INDÚSTRIA CRIATIVA E ENSINO-APRENDIZAGEM: O USO DO CANVAS ACADÊMICO COM MÍDIAS DIGITAIS

THIAGO DA SILVA FREITAS – A INFLUÊNCIA DO ESTADO NUTRICIONAL NA APRENDIZAGEM DE ADOLESCENTES

THIAGO DA SILVA FREITAS – TRILHA DOS NUTRIENTES: ENSINO DE MACRO E MICRONUTRIENTES NO ENSINO MÉDIO

THIAGO LEITE DE MELO RUFFO – EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA O SEMINÁRIO: FORMAÇÃO CONTINUADA E PRÁTICAS INTEGRADAS

VALDIRENE MOURA DA SILVA – TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS COMPARTILHADAS POR PROFESSORES

VALESCA PATRIOTA DE SOUZA – UTILIZAÇÃO DA TÉCNICA GRUPO FOCAL COM ADOLESCENTES DA EDUCAÇÃO BÁSICA

VANIALUCIA DE BARROS E SILVA – A INICIAÇÃO ESPORTIVA EO JUDÔ NUM PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO MNA EDUCAÇÃO BÁSICA NO SESC/PE

VILMA GISELE KARSBURG – GEOGEBRA E BLOG: UMA PROPOSTA PARA O ESTUDO DE ADIÇÃO DE NÚMEROS INTEIROS

WELLINGTON JOSÉ DE ARRUDA MELO – OS MANIPULÁVEIS E OS NÚMEROS RACIONAIS: UMA ANÁLISE À LUZ DA TEORIA DE DUVAL

WILLIAM SHINITI YAMAMOTO – ROBÓTICA PARA A APRENDIZAGEM DE PROGRAMAÇÃO

WILMA MARIA FERREIRA DA SILVA – (DES)HUMANIZAÇÃO E (EX)INCLUSÃO SOCIAL NO AMBIENTE ACADÊMICO

WINNIE GOMES DA SILVA – INCLUSÃO DE ALUNOS COM ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO: INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

WINNIE GOMES DA SILVA – NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS DE IDOSOS POR MEIO DE PRÁTICAS DE LEITURA

 

ANAIS DO ESPAÇO DO CONHECIMENTO

PROGRAMAÇÃO DAS APRESENTAÇÕES

Confira o livreto com a programação detalhada das apresentações no Espaço do Conhecimento no XVI Congresso Internacional de Tecnologia na Educação.

PROGRAMAÇÃO GERAL DO ESPAÇO DO CONHECIMENTO

SALA 05 – JABOATÃO – E.C. 1 20/09 • 8:20 – 12:20 APRESENTAÇÃO DE PÔSTERES
SALA 06 – IPOJUCA – E.C. 2 20/09 • 8:20 – 12:40 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 07 – FERNANDO DE NORONHA – E.C. 3 20/09 • 8:20 – 12:20 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 08 – PETROLINA – E.C. 4 20/09 • 8:20 – 12:20 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 05 – JABOATÃO – E.C. 5 20/09 • 13:00 – 17:20 APRESENTAÇÃO DE PÔSTERES
SALA 06 – IPOJUCA – E.C. 6 20/09 • 12:40 – 17:20 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 07 – FERNANDO DE NORONHA – E.C. 7 20/09 • 12:40 – 17:20 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 08 – PETROLINA – E.C. 8 20/09 • 12:40 – 17:20 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 05 – JABOATÃO – E.C. 9 21/09 • 8:20 – 12:40 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 06 – IPOJUCA – E.C. 10 21/09 • 8:20 – 12:40 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 07 – FERNANDO DE NORONHA – E.C. 11 21/09 • 08:20 – 12:40 COMUNICAÇÃO ORAL
SALA 08 – PETROLINA – E.C. 12 21/09 • 08:20 – 12:40 COMUNICAÇÃO ORAL

LISTA DE APROVADOS

Confira a lista dos aprovados aqui.

CHAMADA DE TRABALHOS

O Espaço do Conhecimento integra a programação do Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, com a finalidade de socializar resultados de pesquisas científicas, produção de material didático e relatos de experiências referentes ao uso de tecnologia na área da educação, com foco em soluções inovadoras de ensino, proporcionando assim, a divulgação de projetos e ações transformadoras de práticas pedagógicas.

1- ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE ARTIGO

1.1 A submissão de trabalhos deverá acontecer pelo ESPAÇO DO INSCRITO.
1.2 Quando o trabalho tiver coautoria, apenas um dos autores deverá submeter o mesmo no ESPAÇO DO INSCRITO.
1.3 O sistema de submissão só é aberto para inserir trabalhos mediante efetivação da inscrição no congresso.
1.4 As informações fornecidas pelo autor, no ato da submissão de trabalhos são, exclusivamente, de sua responsabilidade, não sendo permitidas, sob nenhuma hipótese, alterações posteriores. Não é permitido revisão de artigo posterior ou inclusão de nome de outros autores.
1.5 O idioma oficial do evento é o português. Só serão aceitos trabalhos nesse idioma.
1.6 No momento da submissão, deverá ser indicada a aderência a um dos eixos temáticos do Espaço do Conhecimento.
1.7 Os trabalhos poderão ser submetidos para um dos dois formatos de apresentação: comunicação oral ou pôster.
1.8 A formatação dos trabalhos para submissão deve ser de acordo com o modelo disponível (veja modelo no item 3).
1.9 O Termo de Autorização, disponível no formulário de inscrição do Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, deve ser aceito para fins de publicação do trabalho aprovado nos Anais do evento.
1.10 Os trabalhos a serem submetidos deverão estar relacionados com um dos eixos temáticos indicados a seguir.
• Educação Básica
Compreende as discussões, relatos de experiência, desenvolvimento de material didático ou pesquisa científica vivenciados ou desenvolvidos para melhoria das práticas da educação básica. Na educação básica inclui-se a pré-escola, ensino fundamental e ensino médio.
• Educação Profissional e Tecnológica
Compreende as discussões, relatos de experiência, desenvolvimento de material didático ou pesquisa científica vivenciados ou desenvolvidos para melhoria das práticas da educação profissionalizante. Os relatos podem ser de experiência em cursos livres ou cursos técnicos.
• Educação Superior
Compreende as discussões, relatos de experiência, desenvolvimento de material didático ou pesquisa científica vivenciados ou desenvolvidos para melhoria das práticas da educação superior. Os relatos podem ser de experiência em cursos de graduação (licenciatura, bacharelado ou cursos de tecnologia) ou cursos de pós-graduação (lato sensu ou stricto sensu).
1.11   Ao submeter o trabalho, marque a opção se ele trata de pesquisa científica, relato de experiência ou desenvolvimento de material didático

2- AUTORIA

2.1    Os trabalhos submetidos não devem ter a identificação dos autores nos arquivos em doc. ou doc.x, conforme instruções do modelo.
2.2    No ato da inscrição, no sistema de submissão, deverão ser identificados os autores do artigo. Após envio não há possibilidade de inclusão ou exclusão de nome de autor.
2.3    Cada participante poderá submeter até 02 (dois) trabalhos como autor principal.
2.4    Cada trabalho poderá ter até 05 (cinco) autores.
2.5    Podem ser autores de artigos: Estudantes, pesquisadores, técnicos, professores e demais profissionais envolvidos com educação.

3- FORMATO

Clique AQUI e baixe o modelo com as instruções para seu trabalho.

4- AVALIAÇÕES

4.1 Os trabalhos submetidos serão avaliados por uma Comissão de Avaliadores que emitirá pareceres indicando se o trabalho está classificado ou desclassificado. Os pareceres são de caráter reservado e ficam sob sigilo da Comissão Científica do evento. O evento não disponibilizará o parecer da Comissão Avaliadora para o autor.
4.2 Serão adotados os seguintes critérios na avaliação dos trabalhos para classificação:
4.2.1 Relevância;
4.2.2 Qualidade do texto (conteúdo, coesão e coerência gramatical);
4.2.3 Obediência às normas do modelo disponível (item 3);
4.2.4 Consonância com os eixos temáticos (item 1.10).

5- DIVULGAÇÃO DOS CLASSIFICADOS

5.1 Os trabalhos classificados serão divulgados na página do Espaço do Conhecimento a partir de 15 de agosto, conforme cronograma (item 7).
5.2 Os trabalhos não identificados na lista estarão desclassificados, não cabendo recurso, nem ressarcimento de valores referentes a inscrição. Os autores com trabalhos desclassificados, automaticamente se tornam ouvintes no Congresso.

6- APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

6.1 O trabalho poderá ser apresentado por autor ou coautor, desde que o coautor também esteja inscrito no congresso. Sob nenhuma hipótese é permitido que coautor não inscrito apresente o trabalho.
6.2 O Congresso Internacional de Tecnologia na Educação não disponibiliza passagens, hospedagens, translado ou qualquer tipo de subsídio relacionado à apresentação de trabalhos.
6.3 Os trabalhos poderão ser apresentados sob um dos dois formatos, conforme especificados a seguir.
• Comunicação Oral
As apresentações serão distribuídas em salas equipadas com equipamentos de multimídia (computador, projetor e microfone).
Os arquivos de apresentação deverão ser levados em pen drive.
As sessões serão conduzidas por um Coordenador de Sessão, que controlará o tempo e mediará o debate com o público presente.
O tempo de cada apresentação será de 15 minutos, com mais 5 minutos para debate.
• Pôster
As apresentações de Pôster acontecerão em horários distintos, de acordo com programação do evento.
O Pôster deverá ser elaborado obedecendo ao formato disponível no site do evento. Não será aceito para apresentação pôsteres em outros formatos.
Não será permitido o uso de recursos multimídias.
Será de exclusiva responsabilidade do autor ou coautor afixar, retirar e guardar seu (s) pôster (es).
MODELO DE PÔSTER (90cm x 100cm): Clique aqui para fazer o download do modelo no formato Power Point.

7- DATAS IMPORTANTES

Submissão de trabalhos 19/06/2018 a 12/08/2018
Divulgação dos aprovados 28/08/2018
Apresentação dos trabalhos 20 e 21 de setembro de 2018

8- CERTIFICAÇÃO

8.1 Será emitido um certificado digital por trabalho apresentado contendo título do trabalho, autor e coautores (se houver).
8.2 O certificado ficará disponível no Espaço do inscrito para o autor que submeteu o trabalho após a apresentação no período de 1 mês. Orienta-se que após a apresentação cada autor baixe o certificado.
8.3 Apenas trabalhos apresentados recebem certificação de apresentação.
8.4 Trabalhos aprovados e não apresentados constarão nos Anais do evento.