Novas ideias no Salão de Empreendedorismo

Tecnologia está no nome do congresso e também permeia os diversos negócios que estiveram presentes no Salão de Empreendedorismo, durante a programação do XVI Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, seja em forma de produto ou na apresentação de novas soluções para a aprendizagem.

Foram 15 expositores, entre editoras, assessoria para intercâmbio educacional, consultorias e startups que desenvolvem jogos, plataformas digitais, e-commerce, etc.

A Joy Street, especializada no desenvolvimento e operação de ambientes de aprendizagem baseados em gamificação, jogos digitais e interação social, foi uma das startups. Manuelina Xavier, professora da Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Educadores do Recife Professor Paulo Freire, já participa do congresso há anos e nesta edição foi conferir mais de perto o que a empresa oferece. “O congresso é um grande encontro de educação e tecnologia mesmo. É bom para interagir, ouvir as pessoas daqui e as de fora e conhecer as novidades. A gameficação estimula o aluno, ajuda a conquistar e deixar o aprendizado mais prazeroso”, disse, no estande, após conversar com Wendson Gomes, mobilizador da startup.

No estande da SAS Sistema de Ensino, que oferece material didático, tecnologia educacional e consultoria, as professoras Selma Souza e Sandra de Souza Gusmão, ambas de Pesqueira, puderam conhecer os produtos. Sandra, gestora escolar há 37 anos, veio buscar novos conhecimentos e saber as inovações do mercado. “A gente tem que inovar, encantar essa juventude, sem desprezar o que é velho, antigo”, definiu.


Por: Lindalva Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *