“A Força Dela” retrata empoderamento feminino

    PróximoAnterior

    “A Força Dela” retrata empoderamento feminino

    Exposição de fotografia está no Bar Teatro Mamulengo, no Recife Antigo

    Malala Yousafzai, ativista paquistanesa; Frida Karlo, pintora mexicana; Chiquinha Gonzaga, pianista autodidata e primeira maestrina brasileira; e a ativista dos direitos humanos Nadia Murad, vencedora do Nobel da Paz de 2018, são alguns exemplos de mulheres que enfrentaram o machismo e mudaram suas trajetórias de vida. A luta pela valorização e por igualdade é realidade de milhares de mulheres ao redor do mundo e foi para retratar a história de desconhecidas que conquistaram seu espaço que a turma 261 do curso de Fotógrafo, do Recife, montou a exposição A Força Dela, até 22/10 no Bar Teatro Mamulengo, no Recife Antigo.

    “Quanta força é necessária para pilotar um avião, comandar uma empresa ou conduzir a fé de um grupo? É difícil acreditar que nos primórdios da história aquela que era sagrada, a representação da força fundadora do universo, no século XIX trabalha por mais de 16 horas por dia, luta e morre para conquistar o mínimo de direito. Ainda é mais difícil crer que, hoje, a mulher ainda é inferiorizada, desrespeita e hostilizada”, traz o cartaz de apresentação da mostra que encerra as aulas do curso. Catadora de marisco, funcionária pública, paciente em tratamento de câncer, mãe, agricultora, artista plástica, ativista, juíza, estudante. Diversos papéis foram retratados para enaltecer o empoderamento feminino.

    Desafio – Isavan Gomes, aposentado do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, escolheu a motorista de ônibus Maria Lúcia Rocha, que faz a linha Macaxeira/Parnamirim e enfrenta, todos os dias, o preconceito de exercer uma profissão vista como masculina. “Escolhi Lúcia pelo viés profissional. Ser motorista de ônibus é um desafio, porque existem poucas mulheres nesse ambiente”, disse. Isavan mostrou a foto à retratada, que aprovou o trabalho e o reconhecimento. O aposentado sempre gostou de fotografar e queria se aprimorar, ter técnica. Sobre o curso, diz: “foi mais que um aprendizado profissional, foi um aprendizado para a vida. É integração, trabalho em equipe, é aprender a ousar e procurar melhorar sempre”.

    Maternidade – A estudante de jornalismo Mariana Ferreira fotografou a atriz Isadora e sua filha para mostrar como a maternidade e o amor podem surgir ao mesmo tempo. Isadora ficou grávida depois de apenas um mês de relacionamento com seu parceiro, ainda estavam se conhecendo, e uma gestação inesperada uniu o casal, que foi construindo o relacionamento entre homem e mulher à espera da filha. “Fiquei emocionada com a história dela, de como a relação direta com a filha e com o marido se transformou, cresceu. De como ela se sente tão bem sendo mãe, amamentando ao ar livre, sem frescura e sem barreiras”, disse. “A mais forte, entre todas as conexões. Se entender em um olhar é reafirmar que o amor mais puro e genuíno é o de mãe”, descreveu na sua foto. Mariana quer seguir aprendendo mais sobre fotografia e pretende cursar fotojornalismo.

    Poder – O distintivo é um dos adereços que a auditora fiscal da fazenda Jarise de Holanda usa na foto feita pelo marido Ailton Melo, profissional de plataforma de Petróleo aposentado. Amante de fotos e viagens, ele homenageou Jarise para destacar como a mulher pode vencer e chegar a cargos que muitas pessoas julgam não serem para ela. Sobre as aulas, avalia: “aprendi técnicas que jamais imaginei, foi sensacional. Eu não sabia nem como colocar a linha do horizonte no lugar certo”, diz.

    A força da mulher também é refletida na turma. Formada por 15 alunos, 12 são mulheres. Segundo o instrutor Tarsio Alves é mais um indício do poder das mulheres e de como elas podem agregar ao universo da fotografia. “O olhar da mulher tem uma particularidade, porque tem uma sutileza, uma delicadeza diferente”, ressalta.

    Serviço
    Exposição fotográfica – A Força Dela
    Até o dia 22/10:
    Bar Teatro Mamulengo (Rua da guia,211, Recife Antigo)
    De 24/10 a 04/11: Mon Cher Café (Rua Afonso Pena, 96, Santo Amaro)

    PróximoAnterior