Jean-Robert Poulin discute a inclusão e aprendizagem cooperativa

    PróximoAnterior

    Jean-Robert Poulin discute a inclusão e aprendizagem cooperativa

    No último dia do XVI Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, que desde a quarta-feira movimenta mais de três mil profissionais da educação de todo o País no Centro de Convenções de Olinda, o Teatro Beberibe recebeu o educador canadense Jean-Robert Poulin, pesquisador em inclusão escolar, deficiência intelectual e aprendizagem cooperativa. Com a palestra “abordagem de novas políticas pedagógicas no contexto da educação inclusiva”, Poulin defendeu a pedagogia da contribuição, considerada o elemento-chave para uma educação plural.

    “A base da educação inclusiva é o acolhimento e a educação de todos os alunos, independente de suas características individuais”, defendeu o palestrante. Poulin, que é mestre em Aperfeiçoamento em Deficiência Intelectual pela Universidade de Genebra, destacou a importância de uma educação inclusiva para a manutenção do tecido social e criticou brevemente a utilização da própria nomenclatura “inclusão”, que, apesar de ser a mais usada “sugere a inserção que está fora do meio, soando como se a inclusão em si fosse uma espécie de favor feito ao aluno que tem direito àquele espaço”.

    Durante a apresentação, o educador ainda compartilhou exemplos de experiências didáticas bem sucedidas e apresentou uma vasta bibliografia sobre “métodos pedagógicos pertinentes”, destacando pontos importantes de um modelo de aprendizagem cooperativo e incentivador da interação entre os próprios alunos. “Não é o aluno que deve adaptar-se, mas o programa que deve estar adaptado às características individuais de cada aluno”, finalizou.

    PróximoAnterior