Modelo Pedagógico Senac

De norte a sul do Brasil, o Senac sempre formou profissionais com excelência. Para alinhar e aprimorar ainda mais essa atuação de qualidade em todo o país, foi criado o Modelo Pedagógico Senac, composto por:

Filosóficos e Pedagógicos. Os Princípios Filosóficos definem como a instituição vê o ser humano, o mundo, o trabalho e a educação. Já os Princípios Pedagógicos orientam a concepção sobre o aluno, o docente, a escola, o currículo, a metodologia e a avaliação.

A metodologia privilegia ações que valorizam as práticas pedagógicas ativas e colaborativas, em que o aluno aprende com autonomia e é protagonista do processo de aprendizagem.

Marcas Formativas são características a serem evidenciadas nos alunos, ao longo do processo formativo, promovendo o domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, atitude sustentável e atitude colaborativa.

Para o Senac, competência é definida como ação ou fazer profissional observável, potencialmente criativa, que articula conhecimentos, habilidades, atitudes e valores e permite o desenvolvimento contínuo.

Nos Cursos Técnicos, nas Qualificações Profissionais e nas Aprendizagens, as competências a serem desenvolvidas são determinadas pelo perfil profissional de conclusão e são alcançadas por meio de unidades curriculares, nas quais as competências são pontos estruturais do currículo.

Para nortear o trabalho docente, cada uma das unidades curriculares é detalhada de forma a explicitar os conhecimentos, habilidades, valores e atitudes mobilizados para o desenvolvimento da competência. Além disso, são definidos os indicadores que orientam os processos de avaliação.

A avaliação do Senac permeia e orienta todo o processo educativo e visa mensurar o desenvolvimento das competências do aluno. A expressão dos resultados de avaliação difere de acordo com o tipo de curso, podendo ser orientada pelos indicadores que evidenciam as competências desenvolvidas ou por objetivos do curso e frequência. E a avaliação que se quer é abrangente, participativa e contínua, que valoriza os conhecimentos já constituídos, que orientam o processo de ensino-aprendizagem.

Esse é o resultado esperado do Modelo Pedagógico Senac.