Aprender Francês abre portas para uma nova cultura e oportunidades

    PróximoAnterior
    Aprender Francês abre portas para uma nova cultura e oportunidades - Foto_Freepik

    Aprender Francês abre portas para uma nova cultura e oportunidades

    Quer aprender um novo idioma e está na dúvida? Uma alternativa bem interessante é aprender o Francês, afinal, é a língua tradicional da gastronomia, moda, teatro, artes visuais, dança e arquitetura, e é o terceiro idioma mais utilizado na Internet. Quem domina a língua pode trabalhar na França, Bélgica, Canadá, além das três cidades-sede da União Europeia: Estrasburgo, Bruxelas e Luxemburgo.

    O instrutor de Idiomas do Senac Recife, Sebastião Câmara, ressalta que dados de 2018, da Organisation Internationale de la Francophonie, apontam que 300 milhões de pessoas falam francês no mundo, colocando o idioma na 5ª posição de língua mais falada. Segundo ele, os francófonos estão espalhados em 106 países e territórios. O Francês é a língua oficial dos Jogos Olímpicos e é falado nos cinco continentes. “Hoje, no Brasil, há uma cultura ainda um pouco incipiente de procura dos cursos de francês, muito embora, no passado, já tenhamos tido uma grande influência deste idioma em nosso ensino público e privado”.

    Sebastião explica ainda que a cultura vem ganhando fôlego, sobretudo, devido ao grande interesse dos brasileiros pelo processo imigratório ao Canadá e o aumento do interesse por formações em universidades de países francófonos. “É necessário destacar a importância do estudo do francês, inclusive porque temos um público muito diverso. É um público com faixa etária bem diferente, que vai de 18 a 65 anos. São pessoas que estudaram francês nos anos 1960/70 e que agora querem retomar, seja porque têm parentes que moram em países francófonos, ou pelo simples prazer”, expõe.

    Aluno do curso de Francês do Senac Recife, Rogério Machado já falava inglês e procurou o Senac na intenção de aprender outro idioma. “Pensei em mudar de área e queria me preparar para um plano B, morar fora. Escolhi fazer Francês no Senac porque a gente pode aprender, em pouco tempo, devido à carga horária intensiva. Pretendo buscar novas oportunidades no Canadá, que é um país bilíngue. Iniciei o curso e, em seguida, veio a pandemia. As aulas foram remotas, mas posso garantir que foi um momento terapêutico, foi a melhor coisa que eu fiz.  Diante de tanta coisa negativa, consegui extrair algo positivo. Mesmo à distância, as aulas eram um momento de descontração”. E ele completa que, além de abrir portas profissionais, um idioma agrega valor e melhora a comunicação, inclusive para viajar.

    Tiago Rafael é aluno de Francês desde 2019, e diz que queria estudar essa língua por conta da história, cultura, hábitos e a gastronomia francesa. “Escolhi o Senac pela sua abordagem diferenciada e pelo custo-benefício. O tempo e a frequência das aulas, além da estrutura e das tecnologias utilizadas em sala, que possibilitaram que eu avançasse muito mais rápido no meu aprendizado.  A pandemia trouxe muitas mudanças, e uma delas foi minha profissão. Graças ao Senac, pude me sentir preparado e seguro o suficiente para mudar de ramo: hoje trabalho com a língua francesa, uma paixão que começou quando eu tinha 12 anos de idade, e que segue me fascinando e apaixonando”.

    O professor Sebastião conta que o curso de Francês oferecido pelo Senac propõe a mais extensa carga horária em menor tempo. E alerta: “Estamos com inscrições abertas para o curso de Français Élémentaire 1ª”. Com carga horária de 80h, as aulas acontecem no período de 12/04 a 14/07/2021, das 20h às 22h, nas segundas, quartas e sextas, no modo remoto.  O investimento é de R$ 1.100,00, podendo ser parcelado no cartão de crédito.

    Interessou? Ainda dá tempo de se inscrever. Para mais informações, acesse a programação da Unidade de Idiomas do Senac http://www.pe.senac.br/unidades/recife/unidade-de-idiomas-senac-uis-recife/, ou ligue para os telefones  (81) 3413.6716 / 6717 / 6724.

    PróximoAnterior