Oficina mostra como harmonia entre cores, objetos e estilos são essenciais na decoração

    PróximoAnterior

    Oficina mostra como harmonia entre cores, objetos e estilos são essenciais na decoração

    Na hora de montar uma casa ou um empreendimento comercial, a decoração pode ser um diferencial. Harmonizar cores, objetos, móveis e planejar um estilo que atenda às necessidades do cliente são pontos essenciais no trabalho do profissional à frente do projeto. Foi sobre este assunto que a instrutora do curso técnico em Design de Interiores, Karla Simonette, falou na oficina Composição de Espaços de Interiores, realizada na última segunda (21), no auditório do Senac, no Recife.

    No encontro, a instrutora apresentou os elementos trabalhados num projeto, falou sobre decoração e a importância da contratação de um profissional na hora de elaborar, planejar e executar um espaço.

    Depois, os mais de 30 participantes colocaram a “mão na massa”. Eles formaram grupos e cada equipe teve que elaborar um “projeto” de um ambiente. Foram trabalhados quarto, sala de jantar e de estar, dentro dos estilos praia, contemporâneo, rústico e provençal.

    Karla (primeira à esq.) e ex-alunos de Design de Interiores

    Durante a atividade, os grupos contaram com o apoio de Karla Simonette e de ex-alunos do curso, que hoje já estão na área. Felipe José Santos foi um deles. Formado há um mês, ele já realizou alguns trabalhos, atua como autônomo e é um defensor do papel do Design de Interiores. “Projetar é você realizar sonhos”, diz.

    Maria Gorette Medeiros é outra recém-saída das salas do Senac que também ajudou na oficina. Artista plástica e administradora, com pós-graduação em Gestão de Pessoas, ela mostrou um pouco do que faz e falou sobre o que o curso proporcionou. “Hoje tenho outra visão. Quando estou numa loja, quando passo em frente a uma vitrine, sempre observo tudo e penso como pode ficar melhor, se está certo”, comenta.

    Ana Paula, Marília e Maria José querem aprender mais

    Ter um novo olhar e quem sabe poder transformar o gosto pela decoração em uma nova fonte de renda é o desejo de Ana Paula Gomes Andrade. Funcionária pública, ela trabalha com Gestão de Pessoas numa instituição e sempre teve interesse pelo tema. “Quem sabe não posso migrar?”, disse. Ana Paula adorou a oficina. “Pude conhecer melhor os cursos que o Senac tem na área e vou me matricular”.

    Marília Magali Miranda, que é representante de roupas, já fez o curso de Paisagismo na UEP Recife e recebeu o convite para participar do encontro. Junto com Ana Paula, ela “projetou” uma sala de estar no estilo praia. “Quero fazer o curso técnico para complementar o que aprendi”, afirmou.

    Maria José da Silva Filha foi a terceira integrante da equipe. Também fez o curso de Paisagismo, na mesma turma de Marília. Aposentada, ela vê nas programações da área uma oportunidade de ter mais uma renda. “Pretendo fazer o de decoração e o de Ilustrador para completar a formação”, adiantou.

    PróximoAnterior