Inovação e criatividade nortearam atividades do Encontro Pedagógico do Senac

    PróximoAnterior
    Workshop sobre design thinking no Encontro Pedagógico

    Inovação e criatividade nortearam atividades do Encontro Pedagógico do Senac

    Durante três dias, coordenadores pedagógicos, diretores e docentes do Senac e Faculdade Senac participaram de mais uma edição do Encontro Pedagógico. Com o tema “Educação que transforma pessoas, pessoas que transformam o mundo”, programação foi repleta de oficinas e palestras com enfoque na inovação e criatividade.

    A temática, inclusive, permeou os 11 cases de sucesso e projetos integradores apresentados pelos instrutores das diversas unidades do Senac. Foram explorados temas voltados para saúde, gastronomia, idiomas, tecnologia, moda, entre outros, que irão se transformar em uma publicação. “Será a primeira publicação do Senac Pernambuco”, dispara o diretor de educação profissional, Eliézio Silva.

    Elizama Costa apresentou projeto sobre restrição alimentar

    Elizama Costa apresentou projeto sobre restrição alimentar

    Entre os cases, a instrutora de gastronomia do Senac Vitória, Elizama Costa, contou um pouco sobre um PI de uma turma do curso de Salgadeiro, na carreta, em Camaragibe. A temática foi a restrição alimentar, e a ideia era explorar alimentos convencionais de uma forma peculiar, incluindo pessoas que possuem intolerância alimentar. “Foi feita uma pesquisa de mercado na região, com visitas técnicas em padarias e estabelecimentos no segmento de lanches que não ofertavam esse tipo de salgado. O projeto foi uma forma criativa de incluir o público com intolerância a glúten. Assim, no encerramento, foi criado um cardápio livre de glúten, mas também com opções sem lactose, açúcar e sal, e foram convidadas pessoas da localidade para uma degustação. O resultado foi um sucesso. E hoje, alguns destes alunos seguiram por este caminho e estão produzindo comercialmente salgados sem glúten no seu cotidiano. E vendem tudo rapidamente”.

    Prática pedagógica – Ministrados em parceria com a ProfLab e a Fábrica de Criatividade, os workshops temáticos abordaram assuntos como design thinking, tempo, pitch stop, outliers, soluções inovadoras, design criativo e idiomas, entre outros assuntos. A professora da Faculdade Senac, Tatalina Oliveira, comentou sobre o workshop “Design de Experiências de Aprendizagem”, ministrado por Alex Sandro Gomes e Paulo André Silva, da parceira ProfLab, pois como designer, achou a abordagem bem interessante. “Este workshop estimulou a troca entre os colegas. Através do mapa mental nos fez olhar sob uma outra ótica, principalmente, pela ótica do aluno, das dificuldades dele, as deficiências que podem ter, e é possível solucionar. Inclusive, envolvendo espaços, mobilidade, formas de aprendizado. É um método valioso, pois permite dialogar com outras áreas, e aprender com as vivências dos colegas”.

    O oficineiro Alex Sandro Gomes diz que seu workshop foi um momento para o professor parar, ver experiências de outros colegas e encontrar tecnologias novas que podem ser usadas. Ele pode imaginar situações que são ao mesmo tempo, agradáveis, divertidas, que envolvam os alunos, todas as suas faculdades mentais e corpo inteiro, além de promover aprendizado significativo. É uma forte contribuição para a renovação da pratica pedagógica”.

    Jacira Cardoso sugeriu ideia inovadora

    Ideias inovadoras – Durante o encontro, os participantes foram incentivados a formularem ideias e enviarem aos responsáveis pelo evento, a fim de que possam ser colocadas em prática dentro da instituição. Foram recebidas muitas ideias. Mas uma chamou mais a atenção e será implantada. Foi a da coordenadora Pedagógica Jacira Cardoso, que consiste em instalar um painel eletrônico em alguns locais das unidades, tal qual os dos aeroportos. Ela foi recebida com aplausos pelos colegas e levou uma pequena premiação simbólica, uma caneta para apresentação multimídia, do diretor Eliézio Silva e Denilson Shikako, da Fábrica de Criatividade. “Ele é dinâmico, e a intenção é que passe, em tempo real, os cursos que estão com matrículas abertas, que ainda tem vaga ou já esgotaram. Fiquei muito feliz com a iniciativa do Senac em valorizar as ideias dos seus colaboradores. Esta é uma ideia antiga, para vender o Senac, e, desta vez, houve oportunidade, que chegou na hora certa”.

     

    PróximoAnterior